quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Que Fim Levou valdir? Gravação do Video Clipe.


Que Fim Levou Valdir?

Essa é uma das banda que somo para construir essa parada que hoje tem nome de
Projeto Espremedor. Que Fim Levou valdir, fez parte da nossa Primeira Parte, Bandas de Rock Uma Banda de peso sem explicação, lançou seu primeiro disco em fevereiro de 2008, com parceria dos selos Balboa discos e Elementar Recordes, Banda de Metal, cantado e gritado em Português.
Sabado dia 03/10/09 os caras Gravão seu Primeiro video clipe oficial ao vivo no Hangar 110, junto nesta festa vai rola, Mukeka di Rato, Presto, Halé.

http://www.myspace.com/quefimlevouvaldir

Primeira Parte


Sarau Poesia na Brasa.

Sarau Poesia Na Brasa.


Fotos do Ultimo sarau do dia 26/09/09, a festa tava bonita.

Michel. Elo da Corrente

Carol.

Sidão.

Samanta Biotti.


Chellmi.

Vagner e Divino.


Sidnei e Samanta.


Amiga do Divino, Amigo dela e Vagnão no Tambor.

Diego.

Loli, Juninho, Julio, Bel.

Sarau Poesia na Brasa.

video

Tambor...........

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

A presença das mulheres nos movimentos culturais.

Iniciativa do Coletivo Cultural Poesia na Brasa e Projeto Espremedor
com o apoios: Coletivo Elo-da-Corrente, projeto C.I.C.A.S. e
Comunidade Quilombaque.


Encontro realizado na casa de cultura Salvador Ligabue, um primeiro passo para muitas conversas que teremos ainda neste ano. Três mulheres foram convidadas para dar início a discussão, Carolzinha Teixeira pintora, Negra Ziza do grafite e Samanta Biotti do Coletivo Cultural Poesia na Brasa. A expressão da mulher nos movimentos vem de tempos e na periferia não é diferente, vários movimentos e ações vem sendo comandadas por mulheres e aquela história de cozinha foi deixada para trás junto com ações simples, condicionadas do dia-a-dia em que por exemplo, só mulheres podiam fazer serviços domésticos. Bem não há como negar, o feminismo vem aflorando cada vez mais em todos os lugares, no entanto, com outras necessidades, a do conhecimento, expressão e até mesmo da própria descoberta como ser humano, pois fomos caladas e esquecidas por muito tempo. Há muito o que discutir, o que aprender, há muito para falar, cabendo à nós mulheres e homens nos questionarmos sempre sobre nossas atitudes e palavras, pois se queremos um bem comum para todos, então devemos juntar forças e não ignorá-las.


Negra Ziza do grafite, Carolzinha Teixeira, Pintora e Samanta Biotti do
Coletivo Cultural Poesia na Brasa.


Michel Elo da Correte e sua linda filha, Yakini.


Elo da Corrente

Fabiola

Sarau da Ademar




Sidnei e Yakini

Tais Lopes

Sidnei e Vagner

Coletivo Cultural Poesia na Brasa


Coletivo Cultural Poesia na Brasa e Projeto Espremedor


Ana Paula Lima e Maria Livia

Yakini

Sonia Regina, Douglas Alves, Gabriel.

Vagnão Obrigado Nego de Novo.

Obrigada à todos que puderam somar e fortificar no evento.

A presença das mulheres nos movimentos culturtais.

E logo mais anunciaremos a próxima mesa de debate.

Paz.

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

A presença das mulheres nos movimentos culturais.



Coletivo Cultural Poesia na Brasa

&

Projeto Espremedor

A presença das mulheres nos movimentos culturais.

Em diversas manifestações artístico/educacionais, a presença das mulheres é marcante, muita das vezes como “linha de frente” dentro dos agrupamentos em que participam. No entanto suas atuações nem sempre são lembradas com o devido respeito que merecem. Ao longo da história as mulheres, com raras exceções, tiveram um papel, ou assim foram lembradas, como uma segunda voz ou coadjuvantes dos homens e boa parte dos movimentos sociais acaba por manter essa situação dentro de suas organizações. Frente a essa situação, o Coletivo Cultural Poesia na Brasa e o Projeto Espremedor, propõem iniciar uma série de debates, onde o tema central seja a participação das mulheres dentro dos movimentos sociais, para que possamos refletir e problematizar sobre tal tema que é de tamanha importância, para homens e mulheres. Para concretização de tal objetivo, convidamos algumas mulheres para compor essas rodas de debates, para esta primeira discussão: Carolzinha Teixeira, Negra Ziza, Samanta Biotti.


Aguardamos todos lá, pontualmente das 17 as 19hs.


segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Lançamento Império Lampinho. Mais Que Perfeito

Império Lampinho



Parabéns Coletivo Cultural Poesia na Brasa e Lampinhas.

A Festa Foi Linda.

Abrindo a festa com Samba Raiz, Kolombolo Día Pirátininga

Veja os Vidoes.



Samba de verdade è Assim.........


Tambor foi elas quem Chamo...


Deixo o sarau mais bonito....




Sabemos Acreditamos e se emocionamos, a cada dia de Sarau da Brasa, pode ser na sul na leste ou oeste, mas nada tem a energia e emoção quando acontece aqui na Brasa onde veio e começo e seguira por muito tempo.
Parabéns a Todos.



Vidéo: Kolombolo

video


Vidéo: FUNK DAS MENINAS



video

FUNK DAS MENINAS

Aqui não tem tapinha
E nem as preparadas
Muito menos as cachorras
Aqui é o Sarau da Brasa
Aqui tem mulher forte
E tem mulher guerreira
Chega dessas letras que me tiram de rampeira

Tá tirando malucão?
Vê se presta atenção
As mina é cabeça e cansou de humilhação
Vem pro Sarau da Brasa refletir essa questão
A palavra aqui tem força contra a alienação

Refrão
Uh uh uh uh uh
Periferia
Uh uh uh uh uh
Só os poetas
Uh uh uh uh uh
Tem verso e conto
Uh uh uh uh uh
Sarau da Brasa

Letra: Tais, Elaine e Samanta

Lançamento Império Lampinho. Foi Lindo